Anúncio
Redução de Custos

Como Organizar as Finanças da Minha Empresas e Reduzir Custos

Verifique quais os principais problemas financeiros que os empresários enfrentam e como elaborar um plano de recuperação.

Up Leader

Up LeaderA nossa paixão é o desenvolvimento de pessoas e organizações. Utilizamos metodologias ativas (hands-on) com objetivo de desafiar a empresa a criar possibilidades, utilizando novas formas de pensar e agir na construção de soluções consistentes e inovadoras para o negócio.

23/03/2020 09h25Atualizado há 2 meses
Por: Rafael Fischer
120
Redução de Despesas
Redução de Despesas

Apertar os cintos e reduzir o consumo é algo que todo brasileiro, já nasce praticamente sabendo. Em tempos de crise e recuperação financeira, a palavra redução é quase como uma saudação inicial, onde o chefe chega na sua sala e pergunta: “Olá bom dia! Quais custos você vai reduzir essa semana? ”. Com uma concorrência globalizada, essa ação é imperativa para todas as empresas.

Segundo a informação sobre inadimplência das empresas, disponibilizada no site (https://www.serasaexperian.com.br/sala-de-imprensa/inadimplencia-de-micro-e-pequenas-empresas-cresce-56-em-julho-revela-serasa-experian), 5,8 milhões de empresas estavam inadimplentes e negativadas em Julho de 2019, representando um aumento de 4,4% em relação ao ano anterior.

Na minha carreira como consultor financeiro, já pude observar empresas com uma saúde financeira muito boa, mas outras, em grande maioria, com sérios problemas. O que posso falar com propriedade é que mais de 90% das empresas que fiz consultorias, negligenciavam a parte financeira, sabiam fazer negócios como ninguém, porém mal acompanhavam o faturamento mensal. Presenciei um caso em que o empresário toda a semana me dava a mesma desculpa, quando perguntava quanto tinha sido o faturamento da semana anterior: - “ Rafael, não consegui ver por que estava muito preocupado com as dívidas”.

Não estou falando que a partir de agora todo mundo tem que olhar até os centavos de cada conta de seu plano de contas, até porque, em alguns casos, isso seria impossível. Contudo, algumas deveriam ser analisadas todos os dias. Segue lista:

  1. Faturamento – Diariamente tem que olhar esse número. Não só o número bruto, mas quanto faturou no dia anterior, qual a tendência do mês e quais clientes ainda não compraram.
  2. Contas a pagar – Saber as datas corretas das principais contas da empresa, impostos e pagamentos de contrato.
  3. Contas a receber – Quais clientes já pagaram e qual a previsão de recebimento.

Essa prática vai dar o suporte para uma tomada de decisão mais assertiva para sua empresa, assim como será muito mais fácil para identificar desvios e/ou informações erradas. Outro ponto importante, além de simplesmente olhar para esses números, é fundamental definir indicadores com metas atreladas que vão ajudar a conhecer melhor o funcionamento da sua empresa.

Recife - PE
Atualizado às 19h59
27°
Poucas nuvens Máxima: 28° - Mínima: 23°
30°

Sensação

9 km/h

Vento

84%

Umidade

Fonte: Climatempo
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias