Sexta, 25 de Junho de 2021 04:23
Senado Federal Senado Federal

CPI da Pandemia amplifica alcance da TV Senado

A transmissão ao vivo das reuniões da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia é atualmente o carro-chefe da TV Senado. Desde o início d...

11/06/2021 20h06
11
Por: Fagner Ikamaan Fonte: Agência Senado
Geraldo Magela/Agência Senado
Geraldo Magela/Agência Senado

A transmissão ao vivo das reuniões da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia é atualmente o carro-chefe da TV Senado. Desde o início dos trabalhos, os números da audiência e de downloads de vídeos só aumentam.

Como porta aberta para o cidadão acompanhar tudo o que acontece no Senado Federal, a emissora oferece acesso aos eventos legislativos de forma ampla, tanto para a população em geral quanto para os profissionais que estão fazendo a cobertura da investigação sobre a atuação do governo federal no enfrentamento da pandemia de covid-19.

A TV Senado também está presente no YouTube, no Instagram, no Facebook e no Twitter. Além de transmitir ao vivo as atividades legislativas e as repercussões do trabalho parlamentar, a emissora fornece outros conteúdos institucionais, entrevistas coletivas e programas por meio da TV Senado Agência.   

O diretor da TV Senado, Érico da Silveira, ressalta que a sociedade brasileira sabe que o veículo registra tudo e que todos podem acessar os conteúdos produzidos quando quiserem.

— Já são 25 anos em que a TV Senado transmite tudo o que acontece no parlamento, direto da fonte. E o Brasil já se acostumou com nosso perfil apartidário, sem emitir opinião, com a maior transparência possível. Em momentos capitais da política brasileira, todos os veículos e a sociedade estão transmitindo nosso conteúdo. Esse serviço está disponível para todas as sessões; uma cobertura completa para o cidadão acompanhar seus representantes. 

Érico reconhece que eventos como a CPI da Pandemia atraem mais atenção e podem ser aproveitados para alcançar mais pessoas. Ele ressalta o compromisso público da emissora:

— Não é à toa que nosso slogan é “TV Senado: Democracia todo dia”. O importante é estarmos aqui sempre. Diariamente. Isso é serviço público.

Na opinião da diretora da Secretaria de Comunicação Social do Senado, Érica Ceolin, a contribuição para a democracia é justamente o principal resultado da expansão do alcance da TV Senado.

— A função da TV Senado vai além de números no Ibope. Momentos como este que estamos vivendo provam isso. Queremos informar a população de forma direta para que ela possa desenvolver o próprio senso crítico e contribuir de forma ativa na defesa da democracia com pleno exercício da cidadania, ou seja, exigindo e praticando seus direitos e deveres.

Pioneirismo

Primeiro canal de televisão legislativa de alcance nacional no Brasil e um dos pioneiros desse segmento no mundo, a TV Senado pode ser sintonizada em sinal aberto digital, por antena parabólica, na TV por assinatura e pela internet.

No ar desde 1996, possui antena de TV Digital Aberta em 59 cidades (capitais e interior), cujo sinal alcança 234 municípios, com público potencial de 80 milhões de pessoas. Transmite os eventos legislativos ao vivo ou gravados e produz jornalismo diário. Programas jornalísticos, de entrevista, culturais, documentários, produtos digitais e institucionais do Senado Federal completam a programação que está 24 horas por dia no ar, todos os dias da semana.

No YouTube, foi uma das primeiras no país a realizar multiprogramação ao vivo. É possível acompanhar até oito eventos simultâneos no canal da TV Senado nessa plataforma.

YouTube em crescimento

São 839 mil inscritos no canal do YouTube — 116,6 mil a mais desde que a CPI da Pandemia começou —, mas dependendo de quem é o depoente e de qual é o assunto, uma transmissão da TV Senado pode ter milhões de visualizações. Foi o que aconteceu no dia 19 de maio, quando o depoimento do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello atingiu 1.154.889 visualizações.

Agora já são 2.297.479 visualizações, a segunda maior audiência desde a criação do canal em 2010. Só é menor do que o recorde atingido com o vídeo da sessão do dia 29 de agosto de 2016 (julgamento do impeachment da presidente Dilma Rousseff): 3.767.606 visualizações.

Nos últimos 45 dias, entre 27 de abril — instalação da CPI — e 10 de junho, foram registradas 22,8 milhões de visualizações no canal, o que resulta numa média diária de 518,2 mil no período, bem acima da média geral de 39.799 views.

O sinal da TV Senado é amplificado pela internet. Levantamento da emissora sobre o número de captações de sinal por meio do canal do YouTube comprovam isso. Com a CPI da Pandemia, mais de 300 endereços na internet estão transmitindo trechos ou a íntegra das reuniões da comissão, entre portais de notícias, emissoras de rádio e televisão, blogs e canais do YouTube.

Além disso, as principais emissoras de televisão brasileiras, como GloboNews, CNN News, Record News e Band News, transmitem na íntegra as principais reuniões da CPI da Pandemia, por meio de sinal de qualidade distribuído pela TV Senado.

TV Agência

A oferta de produto da TV Senado também ocorre pela TV Senado Agência, uma plataforma na internet que vem sendo aprimorada nos últimos anos. Conteúdo bruto como cortes das reuniões da CPI da Pandemia e entrevistas coletivas são entregues por esse meio. Os números do serviço apontam crescimento impulsionado pela realização da CPI da Pandemia.

— Em 2021, fizemos 60 novos cadastros, um crescimento de mais de 200% em relação ao ano passado. O número de downloads também cresceu 550% com a CPI: foram 2.328 no mês de maio — relata Érico da Silveira.

O cadastro da TV Senado Agência pode ser feito por e-mail (confira no quadro abaixo). Os usuários cadastrados têm acesso a imagens, áudios, coletivas, reportagens, trechos das comissões e das sessões plenárias.

Outro caminho para obter imagens referentes às atividades legislativas é o portal Senado Multimídia, em que qualquer pessoa pode ver e compartilhar as mídias e fazer download em alta e baixa resolução do conteúdo, podendo ainda realizar cortes diretamente no site sem precisar de outras formas de edição.

O aplicativo Senado Notícias para celular e tablet é mais uma opção para o cidadão acompanhar a TV Senado ao vivo.

Os perfis da emissora nas redes sociais — Facebook, Instagram e Twitter — publicam diversos conteúdos produzidos pelas equipes e abrem canais de interação.

Como acompanhar a TV Senado

Como sintonizar

TV Senado Agência

Redes Sociais

  • Twitter: @tvsenado (https://twitter.com/tvsenado)
  • Facebook: @TVSenado (https://www.facebook.com/TVSenado/)
  • Instagram: @tvsenado (https://www.instagram.com/tvsenado/)
Senado Multimídia - Portal que permite assistir, recortar, baixar e compartilhar vídeos.
Aplicativo Senado Notícias - Disponível na Play Store (Android) e na Apple Store (Phone e iPad).
Recife - PE
Atualizado às 04h16 - Fonte: Climatempo
21°
Pancada de chuva

Mín. 21° Máx. 29°

21° Sensação
9 km/h Vento
88% Umidade do ar
60% (4mm) Chance de chuva
Amanhã (26/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 27°

Sol e Chuva
Domingo (27/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 28°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias