Anúncio
Gestão Competitiva

Criatividade na cultura das empresas

A habilidade para o futuro que já chegou

Up Leader

Up LeaderA nossa paixão é o desenvolvimento de pessoas e organizações. Utilizamos metodologias ativas (hands-on) com objetivo de desafiar a empresa a criar possibilidades, utilizando novas formas de pensar e agir na construção de soluções consistentes e inovadoras para o negócio.

03/02/2020 09h00
Por: Cíntia Mourelle
480
Pessoas reunidas trabalhando com post-it
Pessoas reunidas trabalhando com post-it

 Criatividade na cultura das empresas

 “Será que os robôs irão nos substituir?”, é uma das inquietações mais presentes na mente de muitos profissionais. De fato, algumas tarefas serão automatizadas, os robôs e algoritmos chegaram de vez para melhorar os processos compostos de atividades repetitivas, em contrapartida, várias outras profissões ligadas à tecnologia deverão surgir.

Segundo a pesquisa global sobre tecnologia, empregos e habilidades da PwC, feita com  22.000 mil pessoas em 11 países no mundo, “a maioria, 61%, vê de forma positiva o impacto da tecnologia no seu dia-a-dia, e 77% das pessoas tentam aprender novas habilidades agora ou treinam completamente para melhorar sua empregabilidade futura.

A discussão apresentada no Relatório sobre o futuro do emprego no Fórum Econômico Mundial 2020 na cidade de Davos, na proporção que aumenta a demanda por conhecimentos relacionados à inteligência artificial, análise de dados e computação, também aumenta a necessidade dos profissionais serem criativos dentro de suas atribuições. A criatividade mais uma vez foi citada como uma habilidade fundamental no ambiente corporativo e relacioná-la a profissões do ambiente artístico, de certa forma, limita suas possibilidades de aplicabilidade e resolução de problemas e novas formas de pensar soluções para a empresa.

Nem todos os colaboradores precisarão entender de programação ou lógica, mas precisarão ter curiosidade de adquirir novas habilidades, a cultura de aprendizado deverá fazer parte das organizações. A criatividade é considerada uma das competências mais valorizadas até 2020,  colocá-la em prática dentro dos processos da organização, nas formas de buscar soluções de problemas de clientes internos e externos, é fazer o que os robôs não conseguem, ainda.

A criatividade precisa cada vez mais, fazer parte da cultura das empresas que querem ser competitivas no mercado, é preciso direcionar a gestão para a inovação. Para isso, a criatividade das pessoas deve ser estimulada nas empresas, seja através de possibilidades de um canal aberto para gerar ideias, líderes que influenciem seus times de forma positiva e que estejam dispostos à orientação para o potencial criativo e feedbacks, bem como deem liberdade e autonomia para a criação. A necessidade do profissional do futuro com habilidades criativas já é real, ele deve ser moldado hoje, pois as empresas ainda tem um longo caminho a percorrer, para isso, é primordial pensar e investir nas pessoas.

 

Recife - PE
Atualizado às 20h19
27°
Nuvens esparsas Máxima: 28° - Mínima: 23°
31°

Sensação

2 km/h

Vento

89%

Umidade

Fonte: Climatempo
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias